Recursos didáticos auxiliares (Filmes para aulas)

 

 

Uma Linda Mulher
(Pretty Woman)

Direção: Garry Marshall, EUA, 1990.
Tópicos explorados: Avaliação de ações; Avaliação de empresas; Valor em mercados financeiros.

Adriano Leal Bruni
albruni@minhasaulas.com.br

 

O filme Uma Linda Mulher discute um dos pontos principais de um curso de Finanças, associado à busca da maximização de valor ou riqueza  por meio das decisões do personagem de Richard Gere.

Leia a crítica apresentada a seguir, assista ao filme e tente responde às perguntas que eu formulo a seguir.

 

Analisando "Uma Linda Mulher".


Por Tatiane Crescêncio

Disponível em: <http://www.cineplayers.com/critica.php?id=565> . Acesso em: 23 jul. 2008.


Um clássico moderno que na realidade não passa de um romance bobo e lotado de clichês.

Uma Linda Mulher foi um romance de grande sucesso que conquistou um grande público nos anos 90. Indicado em 1991 ao Oscar na categoria de melhor atriz para Julia Roberts, esta acabou não levando o prêmio, que ficou com Kathy Bates por Louca Obsessão. Mas Julia acabara ganhando o Globo de Ouro daquele ano como melhor atriz de uma comédia ou musical. Um início de carreira promissor!

Nesta produção, dirigida por Garry Marshall (de Noiva em Fuga, também com a atriz), Julia Roberts tenta mostrar seu talento e carisma ao interpretar Vivian, uma prostituta contratada durante uma semana por Edward Lewis (Richard Gere), um homem rico, mas que só pensa em negócios. Assim Vivian terá que aprender a se vestir e a se comportar como uma dama para acompanhar o seu "chefe" nas reuniões de negócios. Porém, com o passar do tempo, ambos vão descobrindo que não existe apenas sexo ou um contrato de trabalho, mas sim uma paixão ardente crescendo dentro de cada um.

O filme apresenta um roteiro simples, mas fraco e meio sem graça em alguns momentos. Porém, na época de seu lançamento, foi muito bem recebido pelo público. O diretor tenta produzir aqui mais uma versão moderna do famoso conto da Cinderela - a moça que está à espera de seu príncipe encantado que virá um dia para salvá-la da vida dura, dos problemas e lhe dará tudo que desejar. Os diálogos entre os personagens à s vezes são um tanto quanto superficiais, quando poderiam ter sido mais bem elaborados.

O fator mais positivo e interessante do filme é a sua trilha sonora, que ficou muito muito bem empregada, trazendo canções conhecidíssimas e inesquecíveis como "Oh, Pretty Woman" de Roy Orbison, que acabou por fazer parte dos tempos românticos de muitos. Bem preparada, a trilha sonora tenta levantar o clima do filme, dar mais ênfase aos sentimentos dos personagens, principalmente nos momentos de felicidade.

Apesar de grande sucesso, esse tipo de romance já existe há muito tempo (A Princesa e o Plebeu, de 1953, é um exemplo), e por isso talvez seu sucesso tenha sido pelo fato de ter sido lançado na hora exata - quem viveu o cinema há 15 anos poderia responder isso melhor. Claro que Julia Roberts é uma atriz com personalidade forte e isso certamente ajudou. Os filmes do gênero são filmes bastante previsíveis, é verdade, mas Uma Linda Mulher tenta mostrar de uma forma diferente que o quase impossível pode se tornar realidade: uma prostituta que quase não tinha nada acaba encontrando tudo que desejava e queria ter na vida. Esta idéia de quase impossível mesmo é reforçada com uma mensagem no final do filme que diz "você está em Hollywood e todos os seus sonhos aqui podem se tornar realidade".

Enfim, o filme é um romance simples pelo qual muitas pessoas, principalmente o público feminino, acabaram se identificando com a personagem Vivian em vários sentidos. Não por sua profissão, mas pelos seus sonhos, seu desejo de encontrar um príncipe, sua vontade de persistir e lutar pelo que realmente quer e por aí vai... Recomendo apenas para os que adoram este tipo de romance. Fora isso é um apanhado de velhos clichês e um roteiro muito bobo.

 

   

Comentário do autor para professores e alunos:

O início dos livros As Decisões de Investimentos e Avaliação de Investimentos discutem quais os objetivos das decisões financeiras.

No livro As Decisões de Investimentos, leia o Capítulo 2 e entenda as particularidades associadas à decisão de investimento.

No livro Avaliação de Investimentos, leia o Capítulo 1 aprenda sobre as decisões financeiras, seus objetivos e conflitos.

 

Perguntas:

a) O que move as decisões do personagem de Gere?

b) Qual a razão para isso?

c) Por que ele prefere liquidar as empresas no lugar de operá-las?

 

Referências:

Informações complementares podem ser vistas nos links:

http://www.comciencia.br

https://www.2001video.com.br/adm_cliente/adm_cliente.asp?sessao=2006100216361283237568