Recursos didáticos auxiliares (Casos para aulas)

 

 

Quanto o Sr. quer que dê, chefe?
 

 

Tópicos explorados: Contabilidade, Fraudes.

Adriano Leal Bruni
albruni@minhasaulas.com.br

 

A Contabilidade tem a preocupação principal de registrar da melhor forma possível o patrimônio de uma entidade, gerando informações úteis e relevantes para muitos usuários.

De forma relativamente recente, o papel da Contabilidade foi colocado em dúvida em função de uma série de problemas vivenciados por importantes empresas como a Enron.

Leia as informações apresentadas a seguir e responda às perguntas formuladas.

A Técnica de Marcar Mercado

Disponível em: <http://www7.rio.rj.gov.br/cgm/comunicacao/textos/grupo_estudos/caso_enron.asp>. Acesso em: 30 jul. 2008.

A técnica de "marcar mercado" foi usada para registrar lucros na contabilidade de diversas empresas ligadas à ENRON. Quando a ENRON concordava em fornecer energia a uma empresa a preço fixo, fazia projeções otimistas quanto a uma queda nos preços do petróleo, que garantisse lucro considerável ao grupo. Assim, a ENRON registrava os lucros tão logo assinasse o contrato, muito antes da concretização de suas previsões otimistas.

A decisão de que transações com energia seriam contabilizadas dessa maneira foi tomada pelo Grupo de Estudos de Questões Emergentes, um grupo de trabalho supervisionado pelo Conselho Federal de Padrões Contábeis, a principal autoridade contábil dos Estados Unidos. O grupo tomou a decisão em 1999, baseado na forma de contabilização usada pela ENRON, encarada como a principal operadora no mercado de energia. De acordo com Timothy S. Lucas, diretor de pesquisa do FASB e presidente do grupo de trabalho, o papel da ENRON era fornecer informação, e não servir como consultora, e admite que o grupo de trabalho talvez tenha errado em não exigir mais informações sobre o sistema contábil usado, particularmente para transações de longo prazo.

A regra definida exigia que as empresas "marcassem em mercado" o valor de suas transações de energia. Onde houvesse um mercado ativo, como no caso de ações ou bônus negociados publicamente, isso seria fácil de fazer e difícil de manipular. Mas, em casos em que isso não acontecesse, as empresas estavam autorizadas a estimar o valor justo, baseadas em critérios próprios, e tratar esse valor como o de mercado.

Muitos dos contratos da ENRON cobriam empresas de Estados que ainda não haviam desregulamentado seus mercados de energia. Nesses casos, a ENRON previa quando os Estados desregulamentariam seus mercados, projetando os preços que existiriam neste novo cenário. A seguir, com base nessas projeções, calculava seu lucro total ao longo do contrato, descontando o risco de não pagamento e o fato de que a realização da receita seria a longo prazo, contabilizando imediatamente o saldo remanescente como lucro.

 

Perguntas:

a) Qual o objetivo da Contabilidade?

b) Quais as preocupações deveriam estar associadas aos objetivos da Contabilidade?

c) Quais as falhas cometidas nos procedimentos de marcação a mercado apresentados na reportagem?

 

   

Comentário do autor para professores e alunos:

O livro A Contabilidade Empresarial. discute os propósitos e funções da Contabilidade. Leia os capítulos iniciais do livro e tente associar os conhecimentos apresentados no livro com a informações da empresa, expostas na reportagem.

 

 

Referências:

Informações complementares podem ser vistas no link:

http://www7.rio.rj.gov.br/cgm/comunicacao/textos/grupo_estudos/caso_enron.asp